quarta-feira, 31 de março de 2010

ANALISANDO O RIVAL - Monterrey x SPFC




Esquema:
Com remotas chances de classificação, o Monterrey vai para o tudo ou nada contra o Tricolor nanoite de hoje. Para isso e buscanco manter a série invicta no ano, o treinador Victor Vucetich escalará força máxima, jogando no 4-5-1, com: Orozco, Morales, Davino, Basanta e Sergio Pérez; William Paredes, Walter Ayoví, Neri Cardozo, Martínez e Zavala; Carreño.

O cara: Nery Cardoso. Jogador com passagem importante pelo Boca Juniors, desfila sua experiencia em campos mexicanos. É o motorzinho da equipe mexicana e requer cuidados da defesa tricolor!

O cri-cri: Recém contratado, o atacante brasileiro Val Baiano, que atuou pelo Barueri no ano passado, foi um dos artilheiros do último Campeonato Brasileiro. Ele marcou 18 gols, ficando atrás de Adriano e Diego Tardelli, ambos com 19. Hoje ele deve entrar no decorrer da partida.

O risco: A ausência de velocidade no setor de criação. Mesmo chegando já no mês de abril o São Paulo ainda não tem um time titular definido, muito menos um esquema de jogo. Para a noite de hoje o time deve voltar a atuar com 3 zagueiros.

A chance: A superação. O time está devendo no decorrer da temporada e as cobranças serão inevitáveis. Na noite de hoje a superação será uma boa pedida pra espantar o mau momento.

Memória: São Paulo e Monterrey-MEX se enfrentaram pela primeira vez no mês passado. Washington fez os 2 gols da vitória tricolor, por 2x0!

O “ídalo”: Jogando contra o maior rival do Monterrey. Rogério Ceni fez história. O confronto inesquecível foi em 2005! No jogo contra o Tigres, válido pelas quartas de final da Libertadores daquele ano, Rogério fez 2 gols de falta e no fim ainda perdeu um penalti. O São Paulo ganhou o jogo por 4x0 e deu um grande passo rumo a conquista da sua 3ª Libertadores.

Retirado da comunidade: SPFC em Debate

Um comentário: